A diferença entre fossa uma negra, fossa séptica e fossa seca

A diferença entre fossa uma negra, fossa séptica e fossa seca

Muitas localidades brasileiras não contam com redes de esgoto, nesses casos são utilizadas as fossas. Elas precisam de manutenção constante e é nessa hora que você pode contar com a Limpa Fossa Porto Alegre Fazemos esse serviço com toda garantia de qualidade e eficiência!

É comum que as pessoas ouçam falar de vários tipos de fossas, mas qual a diferença entre elas?

Fossa séptica: Ela é construída de cimento ou alvenaria e consiste em uma cavidade que represa o esgoto para que ele seja consumido por bactérias. A fossa séptica separa líquidos de elementos mais densos que possam conter o esgoto. Ela é composta por três câmaras: a de decantação, que são decantados os resíduos suspensos, a de digestão, que utiliza as bactérias para consumir os resíduos decantados e a câmara de escuma que recebe o que não foi decantado.

Fossa negra: Esse modelo é mais rústico traz mais riscos ao local. Escavada diretamente no terreno, ela não possui revestimentos. Os resíduos caem diretamente no solo, sendo assim eles podem se infiltrar na terra, contaminando o ambiente e tornando-se mais prejudicial à saúde. Não deve ser utilizada próximo a poços e mananciais. No caso da fossa negra, é preciso que seja esvaziada e tratada com mais frequência.

Fossa seca: Construída para armazenar materiais sólidos e pastosos, não se adéqua ao recebimento de líquidos. Para construí-la é necessário garantir uma boa distância de casa e de qualquer fonte de água. Não deve ser construída em terrenos propícios a inundações. Consiste na escavação direta sem revestimento.