Cheiro de esgoto no vaso sanitário

Cheiro de esgoto no vaso sanitário

Cheiro de esgoto no vaso sanitário, e quão desagradável é entrar em um banheiro assim? O problema ainda se agrava se deixar o banheiro aberto.

E o mau cheiro espalha-se por toda á casa. O mau cheiro proveniente do vaso sanitário é resultante dos gases produzidos na rede de esgoto da residência. 

Que ficam aprisionados na mesma e retornar a serem dispersos de algum modo. Este problema se dá quando a instalação hidráulica não é feita de forma correta ou a tubulação está entupida.

Além de o mau cheiro ser incomodativo, ao inala-lo é nocivo ao homem. Pois, os gases que se origina é bastante toxico!


Causas do mau cheiro no vaso sanitário:

-Falta de vedação no vaso sanitário.

-Problemas na instalação de esgoto.

-Obstrução do vaso sanitário.

Além desses, também pode ser problemas relacionados à má ventilação do encanamento. É preciso identificar qual a causa exata do problema antes de tentar resolver, isso “quebra-quebra” desnecessário.


A melhor solução para o mau cheiro em seu vaso sanitário é chamar uma ajuda profissional.

O vaso sanitário possui sifões embutidos de fábrica, dificilmente o cheiro esta saindo pela boca do vaso. Principalmente se ele estiver com água como é normal.

Nestes casos, o cheiro deve estar vindo do local onde o vaso entre em contato com o encanamento.


Como eliminar em passos simples

O cheiro de esgoto é resultado de gases presentes na tubulação e alguns descuidos. Nesse caso, o odor pode chegar aos cômodos da sua casa, causando bastante desconforto para os moradores.

Verifique o ajuste do sifão

Em alguns casos, o cheiro de esgoto é provocado pelo acúmulo de resíduos no sifão, aquele dispositivo em tanques e pias que fica na saída dos tubos de escoamento de esgoto.

Verifique se os modelos dos sifões do seu imóvel são articulados, por exemplo. O ideal é que o sifão tenha um fecho hídrico, pois esse sistema cria um acúmulo de água no interior e evita o retorno dos odores.

Observe se o seu sifão está perfeitamente ajustado na tubulação e que não há vazamentos. Assim, verifique também se os anéis de vedação estão ressecados – esse problema pode permitir a passagem dos gases.


Faça limpezas periódicas na caixa sifonada

Outro item muito importante do sistema hidráulico é a caixa sifonada, ela também pode ser a causa do cheiro de esgoto. Como este dispositivo recebe todo o esgoto dos aparelhos sanitários e dos ralos.

Verifique a existência de algum material orgânico em seu interior, como os fios de cabelo, por exemplo. A recomendação é que seja feita uma limpeza por mês.


Cheque com frequência a caixa de gordura do seu esgoto

Se o seu imóvel vem sofrendo com o cheiro de esgoto e você já checou o sifão e a caixa sifonada, é hora de verificar a caixa de gordura. Instalada na saída de esgoto da cozinha.

Ela retém a gordura que chega aos encanamentos e evita o entupimento dos canos, mas quando não funciona corretamente pode liberar mau cheiro.

Observe a existência de fendas ou trincas na tampa e na estrutura da caixa de gordura. Para evitar entupimentos e o mau cheiro, faça uma limpeza semestral. Nesse caso, a gordura se solidifica e pode ser retirada.


Cuide da vedação do vaso

A vedação inadequada da saída do vaso sanitário é uma das causas de cheiro de esgoto no banheiro. Verifique se o espaço entre a bacia e o chão está devidamente preenchido com rejunte. 

Também dê uma olhada na junta entre a saída do vaso e a tubulação de esgoto. Se o anel de vedação não estiver em bom estado, é hora de substituí-lo.


Confira algumas soluções caseiras para eliminar o cheiro de esgoto

Se após a verificação dos sistemas hidráulicos e de vedação você verificar que não existe nenhum problema aparente, o cheiro de esgoto pode ser apenas resultado de um acúmulo de material nos canos. 

Felizmente, existem algumas soluções caseiras que podem por fim ao problema.


Bicarbonato e vinagre ajudam contra o cheiro de esgoto

Essa dupla é cheia de utilidades, uma delas é justamente desentupir canos de pias e ralos. Despeje 100 gramas de bicarbonato de sódio na pia ou ralo. Em seguida, despeje 200 ml de vinagre branco.

Assim que começar a efervescer, vede a abertura com um pano e deixe em repouso por 30 minutos. Passado esse tempo, despeje 300 ml de água morna.


Fermento químico

Você também pode utilizar o fermento químico para acabar com o cheiro de esgoto, por exemplo. Assim, aplique a mistura de 3 colheres de sopa de fermento em pó dissolvidas em 300 ml de água nos canos.

E deixe repousar de um dia para o outro. Por não conterem produtos corrosivos, essas soluções podem ser feitas uma vez ao mês, para evitar o entupimento dos canos e neutralizar odores.

Como dito anteriormente, não é difícil resolver problemas no encanamento depois de identificá-los. Existem diferentes formas práticas e receitas caseiras para se manter longe dos odores que tanto incomodam.


Água quente: 

Essa é uma maneira de desentupir privadas. É preciso que a vaso sanitário esteja seco e o seu abastecimento esteja desligado. Depois disso, pegue um pouco de água quente (pode ser do chuveiro ou fervida no fogão).

Para que esse processo dê certo é necessário preencher a privada até a metade. Depois disso, aguarde 20 minutos, espere até que os resíduos que estão causando a obstrução do vaso se dissolver e volte a dar descarga. 

O detergente pode ser um auxiliar nessa prática, consegue dissolver partículas de gordura e facilitar a ação desentupidora.É preciso ter alguns cuidados no momento de realizar isso.

Para não ser surpreendido com coisas desagradáveis. O primeiro cuidado a ser tomado diz respeito à quantidade de água usada no processo.Ter controle para que não transborde. 

E o segundo cuidado a ser tomado é com temperatura da água. A água fervente pode causar danos na porcelana da privada. Portanto, espere que o líquido esfrie um pouco, não é preciso exagerar.


Limpeza do sifão: 

Citamos que muitos dos problemas com mau cheiro nos encanamentos estão ligados aos problemas do sifão. Para evitar esses odores, uma boa prática pode ser retirar a tampa do sifão e fazer a sua limpeza.

 É uma espécie de prevenção contra maus cheiros. Pode ser feito uma vez por mês.


Acabando com o mau cheiro do ralo seco

O ralo quando está seco, abre caminho direto para a passagem dos gases que causam o mau cheiro. Esse é um problema que parece simples de ser resolvido, mas no fundo há certas complicações em relação a isso.

Ao abrir a tampa do ralo para entender o que está acontecendo, você notar que ele está seco. Basta colocar água para que o cheiro pare de passar por ali.

Porém, estes ralos são desenhados para que a água não vá embora completamente. A única situação em que o ralo esvazia, é quando o banheiro não é usado por muito tempo (por períodos maiores de 1 ou 2 meses).

Em situações normais, o ralo nunca ficará seco. Ou seja, tem algo de errado com aquela tubulação. Isso pode estar acontecendo porque o ralo está rachado ou furado, ou então há  vazamento em alguma parte da tubulação.

No caso do mau cheiro no ralo da pia, o problema pode estar no sifão. Basta ajustar o sifão para realizar a curva em formato de U para criar a armadilha de água que segurará o mau cheiro.

Apesar de não ser comum, é possível que o ralo instalado não seja adequado para o ambiente. Nestes casos, o cheiro não aparece de repente e é constante. 

Existem diferentes formas de tirar o mau cheiro dos encanamentos de um ambiente. Porém, a internet está repleta de formas não seguras de fazer isso, usando produtos abrasivos, químicos, que podem trazer problemas de saúde.