Como funciona a caixa de gordura

Como funciona a caixa de gordura

Como funciona a caixa de gordura para começar, saiba que todo imóvel precisa ter, é lei este reservatório deve seguir especificações da norma (NBR 8160) expedida pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Veja como fazer uma caixa de gordura padrão residencial unifamiliar com volume de retenção mínimo de 18 Litros: As caixas podem ser de PVC, concreto ou alvenaria e precisam ter tampas removíveis.

A seção pode ser retangular ou circular.  Abra um buraco de 80 cm x 60 cm x 80 cm (comprimento x largura x profundidade) próximo da pia da cozinha.

Faça o fundo em concreto simples com o traço 1:3:3 (cimento, areia, brita) com 8 cm de altura. Levante paredes com tijolos maciços e requeimados deitados com no máximo 10 centímetros de altura.

Faça uma placa com concreto simples ou com pedra ardósia para ser a parede do sifão. A parede tem as medidas 30 cm x 37 cm x 2 cm.

O revestimento interno da caixa é com massa forte (argamassa de cimento e areia, traço 1:3). Suba as paredes da caixa, começando pelo fundo até atingir 32 centímetros. 

Assente o tubo de 100 mm, que deve ir para a caixa de inspeção. Suba paredes mais 5 centímetros e assente a 37 centímetros do fundo da caixa do tubo de 50 mm.

Suba paredes mais 10 centímetros. Chumbe uma tampa de concreto ou ardósia na menor parte da caixa. Suba paredes do maior lado da caixa até atingir o nível do terreno.

Aterre as laterais da caixa de gordura. Coloque uma tampa removível no lado maior. Fundo e paredes da caixa devem ser muito bem vedadas. Coloque água até transbordar e espere 15 minutos.


Como funciona?

A caixa de gordura é um dispositivo entre o cano da pia da cozinha e a rede coletoria de esgoto ou fossa. Sua função é não deixar que a gordura dos utensílios se misturar com a água.

Por ser mais leve, a gordura flutua e a água fica embaixo. O que separa a água da gordura é uma abertura da caixa que leva a água para a tubulação de esgoto.caixa-de-gordura-pia.

Para realizar essa separação, a caixa de gordura deve ser limpa a cada três meses. Essa prevenção pode ser feita manualmente. Você tira a tampa da caixa de gordura.

Parecido com manteiga com o auxílio de uma concha, coloca em um saco plástico e descarta em lixo comum. A limpeza está concluída quando a caixa de gordura tiver apenas água.

O trabalho leva apenas 20 minutos. Existem também produtos específicos à base de enzimas. Esses produtos contêm compostos biológicos que dissolvem óleos e também gorduras animal e vegetal.

As enzimas são ecologicamente corretas e sua indicação é apenas para manutenção. Você mistura 50 gramas ou quatro colheres de sopa em 5 litros de água.

Mexe bem e coloca 95% dessa mistura no ralo da pia da cozinha e o resto (farelo do fundo) nos vasos sanitários e acione a descarga. Faça o procedimento uma vez por mês e não terá problemas. 

A transformação da gordura em água e gás carbônico por micro organismos naturais seria uma solução natural, entretanto, dificilmente as colônias auto suficientes decorrentes dessa transformação.

Pois, os produtos químicos usados na lavagem das louças impedem isso. As soluções caseiras não fazem efeito. Pode esquecer a água quente e a soda cáustica.

A soda até dilui a gordura, porém, o detrito vai endurecer novamente.pia-caixa-gordura. Mas, quem não é adepto da manutenção passa meses sem limpar a caixa de gordura.

O relaxo faz a gordura obstruir o encanamento, porque o óleo gruda como se fosse uma cola. Mau cheiro, escoamento lento, transbordamento da água e proliferação de insetos.


Para entupimentos severos

Se quem faz manutenção a caixa de gordura entope, imagina quem não é cuidadoso. Neste caso é preciso uma medida extrema. Você pode fazer um tratamento de choque à base de enzimas. Veja como fazer:

Coloque 150 gramas (6 doses) de enzimas em 5 litros de água. Mexa bem e reserve por duas horas. Limpe a caixa de gordura manualmente, conforme explicado no segundo parágrafo.

Ao perceber que o entupimento foi revertido, aplique diariamente 50 gramas (2 doses) de enzimas, mexa bem e coloque 95% dessa mistura no ralo da pia da cozinha e o que sobrar (farelo).

Repita o processo anterior semanalmente e depois todos os meses como manutenção.


O que é Caixa de Gordura?

Uma caixa de gordura é um dispositivo que retém partículas de gordura que poderiam obstruir as tubulações em uma instalação hidrossanitária. Uma caixa de gordura é um dispositivo que retém partículas.

Ela é instalada recebendo despejos de pias, onde há a manipulação de alimentos. A seguir, saberemos mais sobre como funciona esses dispositivos, seus tipos, e como realizar a limpeza de caixas de gorduras.

É importante lembrar que a caixas de gordura é diferente de uma caixa de inspeção e cada uma possui funcionamento e aplicação diferente.


Como funciona uma caixa de gordura?

As caixas de gordura devem ser posicionadas recebendo os despejos de pias. Esses despejos irão ocorrer diretamente, no mesmo pavimento, em edifício térreo. 

Quando houver mais de um andar, deve-se recebê-los separados dos demais, por meio de um tubo de queda. A NBR 8160 não permite que se instalem caixas de gordura dentro da edificação.

 Essa proibição permite manutenção sem transtornos como sujeira ou odor no interior da residência, melhorando a operação do sistema. Quando falamos em pias.

Deve-se entender como o dispositivo onde se manipula alimentos e se lava louças, presente em cozinhas e salões de festas, por exemplo. Divergindo do senso popular.


Tipos

A caixa de gordura será formada por um tubo receptor, onde entram os despejos. Do outro lado, há um septo não removível (dispositivo formado por uma saída com tubo em diâmetro nominal superior ao da entrada.

Além de um joelho e outro pequeno tubo voltado para baixo (formando uma saída sifonada). Pode ser confeccionada em alvenaria com revestimento argamassado.

Neste caso, deve-se produzir, também, tampa que permita fechamento e remoção para manutenção. Outra opção está em comprar caixas de gordura prontas, produzidas em PVC.

 Tanto escolhendo produzir in loco como comprando, deve-se seguir o volume dimensionado para escolha.


Dimensionamento de caixa de gordura

Em caso de serem atendidas mais de doze cozinhas ou estabelecimentos como restaurantes, escolas, quartéis e outros, deve-se dimensionar uma caixa prismática retangular, chamada especial, por meio da equação:

 V = 2N + 20

Onde V é o volume, em litros, da câmara de retenção de gordura e N o número de pessoas que são servidas no turno de maior uso daquela cozinha.

A caixa de gordura especial deve possuir altura molhada de 60 cm e distância mínima entre o septo e a saída de 20 cm.