Dicas com a caixa de gordura

Dicas com a caixa de gordura

Dicas com a caixa de gordura a grande maioria das residências tem caixa de gordura. A instalação de caixas de gordura é lei e tem por objetivo evitar problemas na rede de esgoto.

Como entupimento de canos, dificuldade de escoamento e até mesmo por questões ambientais. Geralmente o problema é causado por acumulo de gordura nos canos da rede, grudando ainda dejetos sólidos e plásticos.

A caixa de gordura é um dispositivo de PVC de forma cilíndrica que fica entre a pia da cozinha e a rede de saneamento pública, para filtrar e reter a gordura existente nos líquidos da rede pública.

O funcionamento é simples e funcional. A caixa é dividida verticalmente e como a gordura tem uma densidade menor do que a água ela flutua e fica retida.

Enquanto a água e outros fluidos afundam e conseguem passar pela divisória e chegam até a rede pública.


Dicas e Cuidados com a Caixa de Gordura

Prevenção e cuidados evitam problemas na caixa de gordura tais como:

Infestação de insetos. Mau cheiro. Lento escoamento da água do ralo. Entupimento e/ou transbordamento.


Dicas e cuidados de limpeza com a caixa de gordura

Use equipamento adequado, como luvas de borracha. Utilize arame para retirar a gordura e a deposite em sacos descartando adequadamente na coleta seletiva.

Água quente e produtos específicos para limpeza de caixa de gordura. Caso identifique um problema com a caixa de gordura, consulte uma empresa especializada em limpeza de caixa de gordura.


Dicas para não entupir a sua caixa de gordura

Para facilitar a vida de quem sofre com frequentes manutenções de caixa de gordura, separamos algumas dicas que podem evitar com que isso aconteça.

Mas você sabe realmente como é o funcionamento de uma caixa de gordura? Então vamos lá! Localizado entre o cano que chega da pia e a fossa coletora de esgoto.

A caixa de gordura separa as gorduras de toda água utilizada na pia., evitando que tais gorduras atrapalhem a tubulação, ou seja, sua função é fazer com que os materiais gordurosos não prejudiquem a fossa.

Agora que já sabe onde a caixa de gordura se localiza e qual é sua função, saiba algumas dicas que podem evitar o mal funcionamento da sua fossa, além das manutenções com muita frequência:


Dica 1

Cuidado com o tipo de líquido utilizado na limpeza: evite utilizar soda cáustica ou água quente, porque, mesmo ambas diluindo a gordura, ela pode levada juntamente com a água.

Fazendo com que mais tarde endureça dentro do cano que possibilita o contato com a fossa ou até mesmo na própia fossa.


Dica 2

Retire toda “casca” da sua caixa de gordura: nas caixas de gordura, toda sujeira, geralmente, fica como uma “casca” e deve ser tirada completamente.

Existem empresas especializadas em realizar essa manutenção ou você pode optar pelo uso de bactérias que “consomem” toda essa sujeira, elas são vendidas em formato de farelo e são encontradas em lojas especializadas.


Dica 3

Tenha cuidado com o que desce pelo ralo da pia: além de gerar entupimento da pia, escoamento lento da água e prejudicar a tubulação, o excesso de material gorduroso também prejudica mau cheiro.

Podendo até fazer com que a caixa de gordura transborde.


Dica 4

Evite jogar restos de alimentos na pia: assim como o óleo, os restos de alimentos também são muito prejudiciais ao funcionamento da caixa de gordura.

Quando depositados na pia, porque como o óleo com a água pelo cano e acaba se acumulando na tubulação, os grãos de arroz ou qualquer resto de alimento também pode aderir à parede. 

Ou seja , o aconselhável é que todo o alimento que restou seja separado antes da lavagem da louça.


Dica 5

Utilize uma fossa ecológica: além de tratar a água, que pode ser reutilizada na irrigação de plantas, a fossa ecológica não agride os lençóis freáticos, garante muito mais economia e não prejudica o meio ambiente.


Como fazer limpeza de caixa de gordura em 5 minutos

Veja o passo a passo simples e nada demorado para você deixar a sua caixa de gordura limpinha e não se preocupar com isso por alguns meses

Realizar a limpeza de caixa de gordura não é uma tarefa das mais fáceis, exigindo diversos cuidados com relação à higiene e também ao manuseio dos objetos. 

Por tratar-se de um dos sistemas hidráulicos da casa, sua manutenção é fundamental para sua saúde e segurança. Esse é um tipo de reparo comum de ser realizado.

Quando estamos devolvendo algum imóvel alugado ou quando a situação já está um pouco fora de controle. Porém, o ideal mesmo é limpar a caixa de gordura com certa frequência para evitar o acúmulo de resíduos.

Conservá-la limpa também é importante para evitar uma série de outros problemas, como o mau cheiro, a proliferação de microrganismos, o surgimento de animais indesejáveis (como ratos e baratas).

E também o transbordamento. O que parece difícil em um primeiro momento pode ser realizado de maneira simplificada, rápida e sem dificuldade.

Desde que sejam seguidos alguns passos que ajudarão você a realizar a limpeza de forma eficiente. Neste artigo, você entenderá para que serve e como fazer a limpeza de caixa de gordura.

De modo a garantir que a sua saúde mantenha-se sempre em dia. Confira!


Para que serve a caixa de gordura?

Ao lavarmos a louça, é comum que o descarte da gordura proveniente do preparo dos alimentos seja feito diretamente na pia. Pouca gente sabe, mas essa atitude é muito prejudicial.

Já que a gordura acaba endurecendo dentro dos encanamentos, podendo provocar a obstrução do sistema hidráulico.

Além disso, essa gordura vai parar no meio ambiente, poluindo-o. Para se ter uma ideia, 1 litro de óleo é capaz de poluir cerca de 20 mil litros de água. 

Como a camada de óleo não é capaz de se misturar com a água, ela flutua, impedindo que a luz do sol penetre e atrapalhando a biodiversidade nos rios e oceanos.

Muitos municípios já possuem leis específicas que tornam obrigatório o uso da caixa de gordura nas residências, e não é para menos. Sua utilização evita que grande parte dessa gordura chegue aos encanamentos.

E posteriormente, ao ecossistema. Ela funciona como uma espécie de filtro, aproveitando que a densidade do óleo e da água são diferentes para acumular o óleo dentro da caixa de gordura.

Assim, não haverá comprometimento da rede hidráulica da residência, reduzindo as chances de a poluição chegar à natureza.


Como limpar sua caixa de gordura?

Como você já sabe, a limpeza de caixa de gordura contribui para que não ocorram transbordamentos e também para que não haja nenhuma contaminação dos sistemas hidráulicos que interfiram na água que você consome.

Para ajudar você a fazer uma boa limpeza de fossa, preparamos este simples passo a passo. E não se preocupe, essas instruções podem ser seguidas se a sua caixa de gordura estiver alocada em um ambiente externo.

E também dentro da cozinha ou lavanderia. Acompanhe!


Proteja-se utilizando máscara e luvas de borracha

Procure sempre utilizar materiais de proteção. As luvas de borracha protegerão você dos microrganismos acumulados na caixa. Além disso, elas facilitarão o manuseio em um ambiente que está cheio de gordura.

Uma substância escorregadia e complicada de manusear. A máscara servirá para que você possa se proteger da inconveniência causada pelo mau cheiro.

Após vestir o equipamento, retire a tampa da caixa de gordura, obtendo acesso ao interior do local. Você perceberá que se trata de uma caixa feita de plástico ou metal (que pode ser quadrada ou redonda).

Já com bastante matéria orgânica em seu interior devido ao uso cotidiano.


Retire os resíduos com uma pá ou colher de pedreiro

Para limpar a caixa, retire os resíduos que estão acumulados no interior com uma pá ou então com uma colher de pedreiro (como a da foto). Faça isso com cuidado para não danificar os sistemas hidráulicos.

Algumas pessoas ainda envolvem a mão em sacos plásticos ou sacolas e retiram o excesso com as mãos mesmo. Mas tudo vai depender do quão disposto você está a fazer essa limpeza e se você tem.

Conforme for retirando a sujeira, independente da maneira escolhida, vá jogando tudo dentro de sacos plásticos de lixo. Depois, o ideal é chamar algum serviço especializado na reciclagem desses resíduos. 

Ao descartá-lo corretamente, você evita que o material coletado acabe entrando em contato com o solo ou com água limpa, evitando a poluição o meio ambiente. 

Ou seja, é importante ter cuidado do início ao fim do processo de limpeza. Se você quiser finalizar o serviço com a certeza de que tudo ficará bem limpo, utilize uma esponja para retirar os resíduos restantes.