Limpa Fossa em Jardim Dona Leopoldina

Limpa Fossa em Jardim Dona Leopoldina

A Limpa Fossa em Jardim Dona Leopoldina conta com equipamento para retirar os resíduos e limpar o seu tanque estamos a disposição. Temos um diretório completo de limpa fossa licenciados, com referências e preços competitivos para fazer o serviço de Limpa Fossa em Jardim Dona Leopoldina. Pode ser um tanque imenso ou até mesmo um bem simples que os serviços são sempre da mais alta qualidade. Ligue agora mesmo sem compromisso.

Nossos funcionários são treinados para explicar claramente quais são as opções disponíveis para a realização do serviço de Limpa Fossa em Jardim Dona Leopoldina, deixando você livre para decidir qual a opção que mais agrada. Cuidar bem do seu sistema séptico é economizar em custos de manutenção e proteger a qualidade da água. Não espere até que você tenha um problema, a limpeza de rotina aumenta a vida útil do tanque além de prevenir falhas no sistema.

Temos equipes preparadas para atender em todos os bairros. Fale com a Limpa Fossa em Jardim Dona Leopoldina e receba orçamentos e tire suas duvidas. Para uma boa manutenção do sistema, você precisa ter o seu tanque séptico bombeado e limpeza a cada um a três anos. Em média uma casa com dois banheiros e três ocupantes irá produzir mais de 150.000 litros de águas residuais por ano, isso significa uma media de 400 litros por dia!

Receba agora os orçamentos de Limpa Fossa em Jardim Dona Leopoldina sem compromisso. Esgotamento de fossa séptica, fossa negra, sumidouros, tanque de decantação e poços de recalque.  Poucos proprietários conhecem o sistema de funcionamento de uma fossa séptica, o sistema séptico fornece um serviço essencial e é um dos sistemas mais importantes em sua casa. Seu tanque séptico recolhe e trata os resíduos provenientes de todo o esgoto.


Limpa Fossa

Jardim Dona Leopoldina em Porto Alegre

Jardim Dona Leopoldina em Porto Alegre

O Jardim Dona Leopoldina, chamado também de Jardim Leopoldina ou apenas Leopoldina, é um bairro localizado na zona leste/norte da cidade brasileira de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul. Foi criado oficialmente em 2015.

O povoamento da região onde se encontra o Jardim Dona Leopoldina tem origem na década de 1970, quando os primeiros moradores foram atraídos pela construção do Leopoldina I. Entre o final dos anos 70 e início dos anos 80 começou a ser construído o loteamento Leopoldina II, composto apenas por casas. A essa altura, tem início também a construção do residencial Asmuz, localizado numa gleba de terra doada pelo então presidente do Sport Club Internacional, José Asmuz.

Na segunda metade dos anos 80, a prefeitura resolve transferir para regiões adjacentes do Jardim Leopoldina (a Vila Safira e COHAB) moradores de vilas próximas ao Centro de Porto Alegre (Borges, Ipiranga e Harmonia) e também da Vila Tripa (outrora, uma das mais perigosas vilas da cidade), antes situada próxima ao Aeroporto Salgado Filho. A partir daí a região começou a sofrer com a violência, miséria e desestruturação crescente desses novos moradores.

Em dezembro de 1991 concluiu-se a construção do Parque Chico Mendes, inaugurado no ano seguinte. Em fevereiro de 2012, a Secretaria do Planejamento Municipal (SPM) anunciou o anteprojeto de uma lei que objetivará consolidar, e eventualmente rever, as denominações e a descrição dos limites geográficos de todos os bairros da cidade.[1]

No fim do ano de 2015, as propostas com as emendas foram aprovadas pela câmara de vereadores de Porto Alegre. Quanto ao Bairro Jardim Leopoldina os limites oficializados são os mesmos descritos acima.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jardim_Dona_Leopoldina