Limpa Fossa em Menino Deus

Limpa Fossa em Menino Deus

A Limpa Fossa em Menino Deus conta com equipamento para retirar os resíduos e limpar o seu tanque estamos a disposição. Temos um diretório completo de limpa fossa licenciados, com referências e preços competitivos para fazer o serviço de Limpa Fossa em Menino Deus. Pode ser um tanque imenso ou até mesmo um bem simples que os serviços são sempre da mais alta qualidade. Ligue agora mesmo sem compromisso.

Nossos funcionários são treinados para explicar claramente quais são as opções disponíveis para a realização do serviço de Limpa Fossa em Menino Deus, deixando você livre para decidir qual a opção que mais agrada. Cuidar bem do seu sistema séptico é economizar em custos de manutenção e proteger a qualidade da água. Não espere até que você tenha um problema, a limpeza de rotina aumenta a vida útil do tanque além de prevenir falhas no sistema.

Temos equipes preparadas para atender em todos os bairros. Fale com a Limpa Fossa em Menino Deus e receba orçamentos e tire suas duvidas. Para uma boa manutenção do sistema, você precisa ter o seu tanque séptico bombeado e limpeza a cada um a três anos. Em média uma casa com dois banheiros e três ocupantes irá produzir mais de 150.000 litros de águas residuais por ano, isso significa uma media de 400 litros por dia!

Receba agora os orçamentos de Limpa Fossa em Menino Deus sem compromisso. Esgotamento de fossa séptica, fossa negra, sumidouros, tanque de decantação e poços de recalque.  Poucos proprietários conhecem o sistema de funcionamento de uma fossa séptica, o sistema séptico fornece um serviço essencial e é um dos sistemas mais importantes em sua casa. Seu tanque séptico recolhe e trata os resíduos provenientes de todo o esgoto.


Limpa Fossa

Menino Deus em Porto Alegre

Menino Deus em Porto Alegre

Menino Deus é um bairro nobre da cidade brasileira de Porto Alegre, situado na região centro-sul da capital do estado do Rio Grande do Sul. Foi criado pela Lei 2.022 de 7 de dezembro de 1959, com limites alterados pela Lei 4.685 de 21 de dezembro de 1979.

O Menino Deus é considerado o mais antigo arraial de Porto Alegre, pois foi o primeiro território a ter sido reconhecido enquanto agrupamento semi-independente do Centro Histórico, com que mantinha relações comerciais e administrativas. Muitas de suas terras pertenceram a Sebastião Francisco Chaves, dono da estância São José.[1] A denominação originou-se da devoção ao Menino Deus, trazida a Porto Alegre pelos colonos açorianos.

Na ano de 1853 foi inaugurada a capela do Menino Deus, cujas festas natalinas atraíam até os moradores do centro da cidade e de outros bairros em formação. As casas erguidas ao redor da capela e a abertura de novas ruas impulsionaram o desenvolvimento da região. Contudo, tal igreja, originalmente de estilo gótico, foi demolida na década de 1970 para dar lugar à atual igreja, de arquitetura moderna.

Na década de 1860, uma linha de transporte público chamada de maxambomba entrou no Menino Deus, mas devido à sua ineficiência — transitava sobre trilhos de madeira —, acabou cedendo lugar para linhas de bonde puxadas por burros, em 1873.[2] À época, as casas do bairro pertenciam às camadas de maior poder aquisitivo da cidade, cujas festas paroquiais e atividades tornaram o trânsito do Menino Deus movimentado.

Os moradores costumavam frequentar o Hipódromo Rio Grandense (1888), exposições de agropecuária e o Estádio dos Eucaliptos (1931). Além disso, o Grêmio Náutico Gaúcho constitui um tradicional clube do bairro. A ligação do Menino Deus com a Cidade Baixa e o centro dava-se através da atual Avenida Getúlio Vargas, que tinha seu início na ponte sobre o arroio Dilúvio, erguida em 1850. Com o prolongamento da Avenida Borges de Medeiros, a partir da década de 1950, após o aterro da Praia de Belas, o acesso ao bairro foi ampliado, facilitando sua expansão e urbanização.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Menino_Deus_(Porto_Alegre)