Limpa Fossa em Mont’Serrat

Limpa Fossa em Mont’Serrat

A Limpa Fossa em Mont’Serrat conta com equipamento para retirar os resíduos e limpar o seu tanque estamos a disposição. Temos um diretório completo de limpa fossa licenciados, com referências e preços competitivos para fazer o serviço de Limpa Fossa em Mont’Serrat. Pode ser um tanque imenso ou até mesmo um bem simples que os serviços são sempre da mais alta qualidade. Ligue agora mesmo sem compromisso.

Nossos funcionários são treinados para explicar claramente quais são as opções disponíveis para a realização do serviço de Limpa Fossa em Mont’Serrat, deixando você livre para decidir qual a opção que mais agrada. Cuidar bem do seu sistema séptico é economizar em custos de manutenção e proteger a qualidade da água. Não espere até que você tenha um problema, a limpeza de rotina aumenta a vida útil do tanque além de prevenir falhas no sistema.

Temos equipes preparadas para atender em todos os bairros. Fale com a Limpa Fossa em Mont’Serrat e receba orçamentos e tire suas duvidas. Para uma boa manutenção do sistema, você precisa ter o seu tanque séptico bombeado e limpeza a cada um a três anos. Em média uma casa com dois banheiros e três ocupantes irá produzir mais de 150.000 litros de águas residuais por ano, isso significa uma media de 400 litros por dia!

Receba agora os orçamentos de Limpa Fossa em Mont’Serrat sem compromisso. Esgotamento de fossa séptica, fossa negra, sumidouros, tanque de decantação e poços de recalque.  Poucos proprietários conhecem o sistema de funcionamento de uma fossa séptica, o sistema séptico fornece um serviço essencial e é um dos sistemas mais importantes em sua casa. Seu tanque séptico recolhe e trata os resíduos provenientes de todo o esgoto.


Limpa Fossa

Mont’Serrat em Porto Alegre

Mont’Serrat em Porto Alegre

Mont’Serrat é um bairro nobre da cidade brasileira de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul. Foi criado pela Lei n° 2022 de 7 de dezembro de 1959. No século XIX, o Mont’Serrat era um local insalubre e de pouca valorização territorial; a área em que se encontra era conhecida como Bacia e povoada pelos escravos então recém-libertos. Era a região da “Colônia Africana” e nela havia um número expressivo de casas de religião, onde se praticavam os cultos afro-brasileiros.

A urbanização começou a ocorrer por volta de 1910. Em 1913, a empresa Predial e Agrícola deu início ao loteamento de terras localizadas na atual Rua Dr. Freire Alemão. A rua mas antiga das redondezas era a Moinhos de Vento, hoje conhecida como Rua Vinte e Quatro de Outubro, e cruzava os bairros Independência, Moinhos de Vento, Auxiliadora e costeava o Mont’Serrat.

Há duas versões distintas para a origem do nome do bairro, que se localiza em uma área alta da cidade. A primeira versão, e mais aceita, refere-se à famosa montanha da Catalunha, nas proximidades de Barcelona, sede do Mosteiro de Beneditinos onde se venera a Virgem de Montserrat. Na segunda versão, o nome parece dever-se à semelhança com um cerro que existe na cidade de Santos, em São Paulo.[4] Cabe salientar que Buenos Aires, capital da Argentina, tem um bairro homônimo desde 1769.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Mont%27Serrat