Limpeza de Condensadores

Limpeza de Condensadores

Limpa Fossa


Limpeza de Fossa Porto Alegre

Qual a Frequência de Limpeza da Fossa Porto Alegre

As fossas sépticas possuem diferentes tempos de limpeza que são determinados pelo tamanho da fossa e pelo volume de dejeto que ela terá que comportar. Dependendo do tamanho da fossa e do volume de água despejada nela o tempo de limpeza pode mudar drasticamente. Mas como regra geral é recomendado que as fossas sejam esvaziadas em um período trienal, ou seja de 3 em 3 anos para evitar problemas. Peça orçamento gratuito.

Se o volume de água for muito grande é melhor realizar a limpeza uma vez por ano. Muitas vezes as pessoas deixam para chamar o serviço de da nossa Empresa de Limpa Fossa Porto Alegre quando a situação já ficou bem ruim, o certo é chamar no período correto. A limpeza de fossa é recomendável feita apenas por profissionais. Não só para proteger a saúde do morador, mas também proteger o ambiente e evitar quebrar alguma lei.

Já que algumas cidades e estados possuem leis sobre a limpeza de fossas. Com isso em mente, é importante saber como cuidar da sua fossa e quais as ações devem ser tomadas para evitar problemas com o funcionamento dela. Limpeza realizada de forma regular e em intervalos entre 1 a 3 anos, dependendo de fatores como o tamanho do reservatório, quantidade de pessoas ou famílias que usam a fossa e o fluxo de água que ele recebe.

Quanto Tempo Dura uma Fossa

As fossas sépticas estão longe de ser um sistema de tratamento de esgoto rudimentar e primitivo.  As fossas sépticas, além de durarem bastante tempo, são bem seguras para o meio ambiente e para os moradores. O funcionamento das fossas sépticas é completamente baseado em ações de bactéria, gravidade e quase nenhum processo diretamente mecânico. Por isso é importante entender como cuidar da fossa para evitar que ela seja danificada.


Limpeza de Fossa Porto Alegre

Como é Feita a Limpeza de Fossa Porto Alegre

A Limpeza de Fossa Porto Alegre deve ser feita por uma empresa credenciada e com todos os equipamentos e funcionários treinados para esse tipo de serviço. A primeira preocupação que o proprietário de uma fossa deve ter é se a empresa vai realizar a limpeza sem danificar a fossa. Em alguns casos é possível que pessoas não especializadas danifiquem a fossa ou as bactérias anaeróbicas durante o processo de limpeza e remoção do lodo.

Outra grande preocupação é qual vai ser o destino dos dejetos recolhidos da fossa. Uma empresa que está de acordo com a lei irá descartar os efluentes apenas em áreas destinadas para esse tipo de material. Como os aterros sanitários. Ao contratar uma empresa que não está dentro das normas estipuladas pelos órgãos reguladores, pode ser que você confie em alguém que descarta os dejetos e forma irregular.

Fossa vs Fossa negra: Qual a diferença?

Existem dois tipos principais de fossa, a séptica e a fossa negra. Porém, atualmente só é permitida (e recomendada) o uso da Fossa. Mas por que? Bom, a Fossa Negra não possui nenhum tipo de mecanismo de tratamento de esgoto. A única coisa que ela faz é afastar os dejetos de local de origem. Ou seja, a fossa negra é apenas um buraco na terra. Isso faz com que os dejetos sejam filtrados para o solo, contaminando o meio ambiente.

Principalmente os lençóis freáticos. Sendo assim, existe um risco para toda a água retirada da propriedade. Portanto caso a sua propriedade possua a fossa negra, é necessário desativar o a fossa e construir uma Fossa. Diferente a fossa negra, a Fossa tem todo um procedimento de tratamento de esgoto. Esse tratamento é realizado por bactérias anaeróbicas que neutralizam os dejetos e retiram os coliformes fecais e outros riscos à saúde.

O produto final é totalmente seguro para ser despejado no ambiente como forma de adubo orgânico. Ou então ele pode ser filtrado e devolvido ao solo sem causar nenhum problema ao meio ambiente. Com isso, o risco aos lençóis freáticos é praticamente nulo, garantindo muito mais segurança para os moradores.


Limpeza de Fossa Porto Alegre