Manutenção e Cuidados com o Tanque Séptico

Manutenção e Cuidados com o Tanque Séptico

Dicas praticas de manutenção e cuidados com o tanque séptico – Muitas pessoas que possuem a Fossa Séptica em casa devem ficar atentas aos cuidados de limpeza e manutenção. As Fossas devem ser higienizadas no mínimo uma vez ao ano para a retirada do lodo existente.

As Fossas Sépticas é uma ótima alternativa, pois além de receber o esgoto e ter um sistema muito simples e eficiente, ainda é de fácil manutenção e acessível a toda população. 

Mas a Fossa Séptica necessita de manutenção preventiva cuidadosa e regular para que esses problemas sejam evitados. Neste artigo, falaremos um pouco de como a Fossa funciona e a importância da Manutenção Preventiva da Fossa Séptica.

1-Não jogue lixo no tanque

Qualquer material que seja direcionado ao tanque terá que ser bombeado. Muitos materiais que descem pelo ralo não se decompõem e permanecem no seu tanque séptico até que sejam bombeados. Alguns entupimentos notórios do sistema séptico incluem Lenços umedecidos de bebê, pontas de cigarros, café e fraldas. Estes materiais, não são biodegradáveis e acabam formando uma camada de lixo dentro do tanque.

2- Não jogue óleos e gorduras no tanque

A gordura e os óleos de cozinha são outros responsáveis por problemas. As gorduras se condensam nas paredes dos tubos causando sérios bloqueios e entupimentos nas linhas de esgoto.

Não despeje gorduras e óleos nos drenos, estas substancias podem ter um impacto dramático no acumulo de sólidos na sua fossa séptica. As partículas de óleos e gorduras não são digeridas pelos microrganismos do tanque séptico e podem resultar na necessidade de bombeamento mais frequente.

3- Economize água

Existem limites para a quantidade de água que podem ser tratadas em sistemas sépticos. Por cada galão que entra no tanque, um galão é empurrado para fora. Maquinas de lavar ineficientes e vazamentos no encanamento, bombam desnecessariamente centenas de litros de água para os sistemas sépticos.

Quando um grande volume de água entra no sistema séptico em um curto período de tempo, o excesso de fluxo e os sólidos que não tiveram tempo suficiente para se depositarem no fundo do tanque podem ser lançados no campo de drenagem entupindo os tubos e permitindo que as águas residuais não tratadas voltem a subir pelos drenos.

4- Não jogue produtos químicos no tanque 

Seu sistema séptico contém uma coleção viva de bactérias e enzimas naturais que digerem e tratam seu tanque. Produtos químicos domésticos, como tintas à base de óleo, solventes e produtos de limpeza, particularmente o cloro, podem alterar o equilíbrio natural desses microrganismos necessários para o processo de tratamento de águas residuais. Certifique-se de manter estes produtos químicos fora do seu sistema, não deixando que escoam pelos drenos da casa. Descarte pesticidas, herbicidas, óleos, gorduras e tintas através de lixo doméstico.

Não importa qual seja a causa da falha do seu sistema séptico, além de um incômodo é sem duvida um risco para a sua saúde. Se você precisar de ajuda para realizar a limpeza do seu tanque séptico conte conosco, estamos disponíveis para você 24 horas por dia, 7 dias por semana.