Por que é importante limpar fossas sépticas

Por que é importante limpar fossas sépticas

Por que é importante limpar fossas sépticas Limpar fossas sépticas regularmente: você costuma ter esse cuidado? O local em que moramos, no geral, precisa de cuidados constantes, não é verdade? Afinal, quando não zelamos por cada detalhe que compõe a nossa moradia, podemos ter problemas graves e grandes dores de cabeça.

E não só o seu lar precisa de atenção: o seu ambiente de trabalho, como o seu negócio, também precisa estar de acordo com as normas sanitárias, por exemplo. Isso envolve dedicação por parte de quem o comanda.

Toda essa consideração é relevante porque, dessa maneira, os problemas causados pelo desleixo são evitados, e vamos combinar que quanto menos estresse, melhor, certo?

Você possui uma fossa séptica em sua residência? Pois é, ela que é tão comum em zonas rurais e demais áreas afastadas, também precisa de cuidados com certa frequência nas áreas urbanas.

Se você não sabia disso, o conteúdo que preparamos hoje explicará o motivo de ser tão importante limpar a fossa séptica regularmente. Além disso, você vai conhecer um pouco sobre o tanque séptico e outras informações consideráveis. Preparado (a) para obter esse conhecimento? Então, leia o texto!

Por que é importante limpar fossas sépticas – Como funciona um tanque séptico?

Quando se mora ou tem um negócio afastado de uma rede de tratamento de esgoto, como ocorre em área rurais, o tanque séptico acaba sendo uma ótima opção.

Ele também é viável quando no lugar em que se vive, há redes coletoras com diâmetros ou declividades reduzidos.

A função da fossa séptica é limpar a água proveniente dos vasos sanitários e outros canos da casa, para que ao retornar ao meio ambiente, o impacto seja o mínimo possível.Por isso, ela realiza a separação e transformação dos dejetos em um processo físico-químico.

  • O esgoto é levado para a fossa, onde a parte sólida libera a parte líquida, por meio de um pequeno fluxo de água;
  • Bactérias anaeróbias atuam na parte sólida, assim gerando sua decomposição;
  • A decomposição torna a parte sólida residual, com menos matéria orgânica;
  • Assim sendo, ela pode retornar à natureza, causando menos prejuízos a ela.

Quais os cuidados da fossa séptica em relação ao meio ambiente?

Antes de instalar um tanque séptico, alguns cuidados são importantes. Quer saber quais são? Primeiramente, eles não devem ser colocados próximos a poços artesianos. Por quê? Pela possibilidade de contaminação, em situação de vazamento, da água para consumo humano ou animal.

Uma fossa séptica mal instalada pode ainda gerar contaminação nos lençóis freáticos, o que seria um completo desastre, pois assim contaminaria a água da região. E aí, o estresse torna-se coletivo. Ruim, não acha? As fossas sépticas também são importantes para que não haja a contaminação de rios, nascentes e lagos, pois evitam que os dejetos sejam despejados diretamente neles.

E então, qual a importância de ser feita a limpeza da fossa séptica regularmente? Você precisa realizar a limpeza do tanque séptico com uma determinada frequência, caso contrário, as consequências podem ser desastrosas! Você sabe os motivos? Um dos principais problemas é o acúmulo de Iodo, que de tempos em tempos, precisa ser retirado.

Caso o Iodo continue acumulado, veja o que pode acontecer:

  • A fossa pode transbordar;
  • Pode exalar mau cheiro;
  • É possível que apareçam pragas.

Terrível, não concorda? Desse jeito, a sua saúde e a da sua família ficam em risco. E a saúde é essencial, então, nada de desleixo.

Mas, sabia que ainda existem outros problemas que podem ser causados? Pois é, a falta de limpeza pode acumular dejetos na fossa séptica e fazê-los voltar pelas tubulações, interrompendo diversas funções da casa.

E não só a má instalação do tanque séptico pode provocar situações complicadas nos lençóis freáticos. Não o higienizar também pode gerar esse mal estar. E aí, o que surgem? Sim, mais doenças.


Qual a regularidade da limpeza do tanque séptico?

Não há uma resposta certa para essa pergunta. Mesmo sendo extremamente relevante de ser realizada, a limpeza e sua periodicidade dependem de alguns fatores.

De todo modo, podemos dizer que, no mínimo, a fossa séptica deve ser limpa ao menos uma vez por ano. Porém, certifique-se com regularidade o estado em que se encontra o seu tanque séptico. Verifique a quantidade de dejetos, e realize a higienização em intervalos menores de tempo.

Como esse feito precisa de materiais adequados e conhecimento de um técnico, recomenda-se procurar um profissional para a higienização da fossa.

Lembre-se de considerar fatores como o volume de água utilizado, e também, o número de habitantes do seu lar. Por fim, entenda que a limpeza periódica das fossas sépticas é uma questão de saúde pública e de preservação do meio ambiente, portanto, não adie esse cuidado.

Nossa empresa atende na grande Porto Alegre e em alguns interiores do estado, e estamos disponíveis 24h, todos os dias da semana, com visita imediata ao local.

Por: Por que é importante limpar fossas sépticas